Games

Unity x Unreal: qual é o motor de jogos mais adequado para um projeto?

Unity X Unreal. Não é novidade que este é um acirrado debate entre artistas visuais e desenvolvedores de jogos há anos. Esta dupla imbatível representa os dois motores de jogos mais populares na indústria de games atualmente, sendo utilizados por grandes estúdios e desenvolvedores independentes.

Adiantamos de antemão uma informação importante: não é uma questão de saber se um é melhor que o outro, até porque ambos são similares em várias configurações. Sendo assim, é essencial compreender qual deles atenderá às necessidades de uma equipe envolvida em projetos de desenvolvimento de games. A gente elabora a seguir quatro motivos para saber qual é o motor de jogos mais adequado em diferentes cenários:
1. Entenda o nível de qualidade visual exigido

Um dos principais atributos ao considerar os motores Unity ou Unreal é a qualidade dos gráficos visuais. O fato é que o motor Unreal é capaz de oferecer elementos visuais de alta fidelidade ao passo que o Unity, embora também consiga reproduzir elementos de alta qualidade, dá mais trabalho para que seus gráficos realistas atinjam o mesmo nível do seu “rival”. Apesar do Unity também entregar resultados visuais com excelência, este motor ainda não é tão ágil quanto seria desejável para alguns profissionais na indústria de games.

Consequentemente, o Unreal é usado frequentemente em produções de grandes estúdios porque justamente acelera o desenvolvimento dos gráficos e ativos fotorrealistas de tirar o fôlego, ou seja, o trabalho fica mais veloz. Tudo será uma questão de gerenciamento de tempo e de familiariade com as duas ferramentas.
2. Para quais plataformas o jogo é destinado?

Um desenvolvedor atuando num projeto de game que será destinado para dispositivos com baixa capacidade de processamento de dados como smartphones e tablets, sabe que a alta exigência do Unreal neste quesito não é exatamente o melhor cenário. Por esse ângulo, o motor Unity é bem mais amigável para a construção de games para multiplataformas como mobile, tablets, computadores e consoles.

Originalmente projetado para funcionar em dispositivos como consoles e celulares, o Unity permite que um desenvolvedor crie projetos complexos para dispositivos com capacidade de processamento reduzida sem exigir uma configuração de PC poderosa como o Unreal necessitaria. No entanto, saiba que as duas ferramentas são capazes de fornecer as mesmas configurações.
3. Qual é o tamanho da equipe?

O consenso existente entre estúdios mundo afora é que uma grande equipe especializada é necessária para acompanhar cada etapa do processo de desenvolvimento em Unreal como, por exemplo, a alocação de profissionais dedicados para cuidar de texturas animadas, partículas e shaders.

O Unity, por outro lado, é muito mais intuitivo para desenvolvedores o que, por sua vez, viabiliza este motor para equipes reduzidas e times com menor experiência.

4. Você é desenvolvedor ou artista visual?

Esta pergunta geralmente afeta a decisão das equipes responsáveis pela produção visual e desenvolvimento de games. É fácil adivinhar: desenvolvedores irão preferir o motor Unity, mas artistas visuais vão optar pelo Unreal, simplesmente devido à diferença nos visuais. O fato incontestável é que estes dois motores de jogos oferecem os mesmos tipos de funcionalidades só que em “embalagens” diferentes.
Vale ressaltar que as linhas que diferenciam ambos começam a se confundir, já que o Unreal está cada vez mais tentando tornar-se mais acessível para equipes reduzidas, enquanto o Unity continua ativamente adicionando novos recursos de nível profissional para atrair estúdios e times mais experientes.

Depois desta leitura, você já deve saber quais diferenças colocam Unity x Unreal numa posição de rivalidade que é inexistente. Portanto, a conclusão que temos é que não há um vencedor. Cada um destes motores são excelentes ferramentas e a preferência por uma delas é uma questão de avaliação interna das equipes responsáveis. Well played!
Aprenda os principais motores de jogos do mercado

Você já sabe que os engines Unreal & Unity são os principais motores para desenvolvimento de jogos do mercado e possuem uma vasta lista de games que conquistaram o coração dos gamers no mundo todo. Pensando nisso, a EBAC lançou os cursos Unreal Engine do Zero ao Pro e Unity do Zero ao Pro. Confira abaixo:

O mercado de jogos explodiu mundialmente nos últimos anos e não para de crescer. Passou de US$ 1,9 bilhões em 2015 para US$ 2,2 bilhões - e a projeção para os próximos anos é ainda melhor: uma movimentação de US$ 3 bilhões em 2023, de acordo com o último relatório global divulgado pela Newzoo. Quer saber como isso te afeta? Simples: o Brasil ocupa a 13ª posição no ranking do mercado de games e é líder entre os países latino-americanos.


Torne-se um desenvolvedor de jogos 2D e 3D com domínio de Unreal Engine, o motor de jogos da Epic Games, a mesma tecnologia que deu vida a Gears of War, Fortnite, Borderlands e muitos outros. Ao final do curso, você terá desenvolvido 4 jogos e estará apto para ingressar nesse mercado como desenvolvedor de jogos.


Agora, você quer tornar-se um desenvolvedor de jogos com domínio de Unity e C#, as mesmas tecnologias que deram vida a Angry Birds, Call of Duty e tantos outros jogos para Mobile, PC, PlayStation e Xbox? Então, o curso Unity do Zero ao Pro fará você se destacar no mercado criando jogos próprios em 2D e 3D, e iniciar sua carreira em um estúdio de games.