A curadoria das artes cênicas no âmbito do poder público – reflexões e desafios

Demonstração
16 de agosto de 2022, 19:00
Pensar a curadoria em suas diversas dimensões artístico-culturais e sociais envolve necessariamente um rico e complexo debate em torno da construção de paisagens simbólico-criativas e também ético-políticas, evocando as distintas relações que a curadoria pode estabelecer com as contradições e urgências do seu contexto histórico.

Diante disso, este evento pretende discutir alguns caminhos, estratégias e abordagens possíveis para o desenvolvimento de um pensamento curatorial necessariamente crítico e aberto às variadas formas discursivas e criativas no campo contemporâneo das artes cênicas. O nosso foco será pensar os desafios e as potencialidades de se realizar curadoria em contextos de gestão pública ou em diálogo com as políticas públicas de cultura.

O encontro será construído a partir de reflexões teórico-críticas, exemplos práticos e compartilhamento de experiências profissionais.

EVENTO GRATUITO AO VIVO!

Palestrante

Guilherme Diniz
Pesquisador, crítico teatral e gestor cultural
Crítico teatral, pesquisador e gestor cultural. Licenciado em Teatro pela EBA/UFMG e mestrando em Literatura Brasileira pela FALE/UFMG. Como crítico, colabora no site Horizonte da Cena (BH/MG). Já atuou como crítico teatral em diversos eventos, mostras e festivais de teatro do país, como a Mostra Internacional de Teatro de São Paulo (MITSP); Janela de Dramaturgia (BH), Festival de Teatro Negro Online da UFMG (BH), Festival Às Escuras – Arte Negra LGBTQIA+ (online) e a Segunda Black (RJ). Estudou Literaturas e Dramaturgias Africanas de Língua Portuguesa, bem como Análise e Crítica do Espetáculo na Universidade de Coimbra, pelo programa Abdias Nascimento/CAPES. Foi Coordenador de Cultura da APEB, Associação de Pesquisadores e Estudantes Brasileiros em Coimbra, organizando eventos e projetos artístico-culturais. É um dos Produtores e Consultores do Prêmio Leda Maria Martins de Artes Cênicas Negras (BH). É atualmente o Diretor Artístico do Teatro Municipal Geraldina Campos de Almeida e do Centro Literário Pedro Nestor, de Pará de Minas/MG, gerenciando a agenda artística destas instituições públicas.

A quem pode interessar


  • Todo e qualquer profissional envolvido com a produção cultural
  • Quem quer desenvolver ferramentas básicas para realizar trabalhos curatoriais
  • Profissionais envolvidos com a gestão de espaços culturais públicos e privados.
  • Amantes de arte, cultura, História da Arte, teatro, sejam estes estudantes, professores ou profissionais de outras áreas.
  • Pessoas que desejam ampliar seus conceitos, saberes e percepções sobre a artes cênicas.
  • Apaixonados por Arte, Comportamento e Cultura
  • Profissionais e estudantes nas áreas de Artes Cênicas. Artes Visuais, Arquitetura, Design, Comunicação, Ciências Sociais, História, Filosofia, Fotografia, Vídeo Arte, Cinema.
  • Produtores culturais e artistas
  • Quem quer começar uma nova carreira em arte, curadoria ou produção

Sobre o que vamos falar?


  1. A importância de um pensamento curatorial na intersecção entre ética, estética e política
    Reflita ampla e criticamente sobre as relações entre as artes da cena e sociedade na concepção de projetos curatoriais.

  2. Estratégias possíveis para uma curadoria no setor público
    Veja a importância de atentar-se para as especificidades políticas, administrativas, culturais e orçamentárias do setor público a fim de desenvolver procedimentos e caminhos mais férteis para a curadoria.

  3. Dicas e troca de experiências
    Receba dicas de curadoria a partir das experiências práticas de um profissional da área.

E ainda mais pra você:


Além do conteúdo especial apresentado durante o evento pelo nosso convidado, quem assistir ao evento ao vivo receberá um desconto exclusivo para estudar no curso de Profissão: Curador com a EBAC e alcançar um novo patamar em sua carreira profissional.