Marketing

Gerente de Produto Digital: o que faz e como se tornar um

A carreira em ascensão tem uma média salarial de mais de R$ 10.000

4 de fevereiro, 2022

Marketing

Gerente de Produto Digital: o que faz e como se tornar um

A carreira em ascensão tem uma média salarial de mais de R$ 10.000

4 de fevereiro, 2022

A área da tecnologia continua crescendo independente da crise econômica ou sanitária. Segundo o site Meio&Mensagem, de 2018 para 2020, o número de vagas oferecidas para Gerente de Produto Digital, também conhecido como Digital Product Manager (DPM), dobrou e, após o início do isolamento, essas estatísticas continuaram crescendo em índices estratosféricos.

Em conversa com Pedro Henryss, especialista em produtos digitais e tutor do curso de Product Design & UX Research da EBAC, nós revelamos os pontos-chave que você precisa entender sobre esse cargo.

O que é um Gerente de Produto Digital

Entre as descrições da vaga de Digital Product Manager está supervisionar todo o ciclo de vida de um produto digital. Sua atuação pode englobar desde a parte de concepção desse produto ou serviço até a sua fase de maturação e sustentação. Por exemplo, se uma academia está perdendo clientes porque as pessoas estão treinando de casa, vê-se a necessidade de criar um aplicativo para treinarem online. Essa seria a parte de concepção da ideia. Já as melhorias feitas no aplicativo referem-se à fase de maturação e sustentação, uma vez que ele já está no ar.

Geralmente é uma posição que exige visão de diferentes frentes, atuando diretamente na tecnologia, design e negócios.

Os produtos que dependem do DPM

Basicamente, qualquer produto digital precisa da supervisão de um Digital Product Manager. Inclua nessa lista softwares, aplicativos de celular, e-commerces, marketplaces e até mesmo sistemas operacionais como iOS, Android e televisões inteligentes.

Quase todas as áreas usam produtos digitais, mesmo que você nem imagine. A área de educação, por exemplo, pode usar um software interno para os professores lançarem as aulas no sistema; a área de marketing pode usar ferramentas públicas como o Trello para organizar o fluxo.

As responsabilidades de um Gerente de Produto Digital

Existem algumas atribuições comuns. Alguns exemplos:

  • Entrevistar os usuários e entender melhor suas dores e necessidades. Essa etapa é importante para entender quais ferramentas devem ter no produto.
  • Definir o público-alvo e personas. Entender quem é o público vai ajudar a direcionar toda a construção do produto.
  • Conhecer a fundo o negócio, explorando oportunidades. Uma das atribuições do Gerente de Produto Digital é pesquisar sobre concorrentes e a sua área de atuação para entender os pontos em que o produto pode se destacar.
  • Elaborar mapas de navegação com a visão de desenvolvimento do produto. Conhecida também como sitemap, trata-se de uma técnica que determina os caminhos que um usuário percorre em ambientes digitais. Todo esse processo precisa ser determinado antes da criação de um site ou aplicativo, por exemplo.
  • Criar e validar hipóteses através de pesquisa, estudos e métodos. Uma vez que há um produto, é importante testar se ele realmente cumpre o que promete. Se a hipótese é que ele vai engajar clientes de uma academia, oferecendo aulas online, é preciso conduzir pesquisas e estudos com o público que o utiliza para entender se essa hipótese está certa e os clientes realmente estão fazendo as aulas.
  • Atuar ativamente para alcançar mais audiência. Parte do trabalho do DPM também é pensar em estratégias de marketing para lançar um produto e conseguir mais usuários.

Tenha em mente que, além dessas atribuições, outras podem surgir, já que o foco de atuação desse cargo pode ser bem diverso e varia muito de empresa para empresa.

As habilidades que um Gerente de Produto Digital deve ter

Como o trabalho consiste em supervisionar todas as etapas do produto e diferentes equipes e pessoas, algumas habilidades técnicas e comportamentais são essenciais para a função.

  • Habilidades técnicas: algumas habilidades são relacionadas ao desenvolvimento de produtos digitais, como noção de Experiência do Usuário (UX), Metodologia Ágeis como o Scrum e também de conceitos de desenvolvimento de software. Outro ponto implícito é desenvolver o senso de negócios e análise de métricas.
  • Habilidades comportamentais: ter habilidade de planejamento estratégico é fundamental, assim como capacidade de entender o que precisa ser priorizado, facilidade de comunicação, boa argumentação, diplomacia e também organização para deixar o trabalho mais fluido.

Certificados e formações que ele deve ter

A área de DPM é bem democrática e existem profissionais de diversos históricos educacionais. Um Digital Product Manager não precisa ter uma graduação específica, podendo ser graduado em administração, comunicação social, marketing ou qualquer outra área.

Salário de um Gerente de Produto Digital

As oportunidades de trabalho estão tanto em grandes empresas como em startups. O salário é bem tentador: segundo dados de 2022 do vagas.com, um Gerente de Produto Digital ganha, em média, R$ 10.354,00.

Próximos passos para se tornar um DPM

O Gerente de Produtos é responsável por todo o ciclo de vida de um produto digital. Por ser responsável por todas as etapas, é importante que esse profissional tenha entendimento de planejamento de produtos, fazendo cursos como o de Product Management, da EBAC, em que são apresentados os fundamentos para construir uma carreira de sucesso no desenvolvimento de produtos bem-sucedidos para vários mercados. Conheça aqui um pouco mais sobre esse curso.