Carreira
EBAC Online celebra investimento de US$ 11 mi de private equity russo
A Escola Britânica de Artes Criativas e Tecnologia Online tem 20 mil alunos recebeu aporte liderado pela Baring Vostok Capital Partners
“Nossa tarefa é construir a empresa nº 1 da América Latina no campo da educação profissional continuada. A população da região é de 600 milhões de pessoas e vemos a EBAC como uma empresa com faturamento superior a US$ 100 milhões por ano em cinco anos", afirmou Andrey Anishchenko.
"A educação online se tornará predominante na qualificação, na requalificação e no incremento da qualificação profissional, porque é mais eficiente e acessível. A EBAC Online fornece as habilidades profissionais exigidas pela era digital", afirma Rafael Steinhauser, presidente e um dos sócios-fundadores da EBAC Online.

Entre os destinos dos recursos captados estão a ampliação da grade de cursos, a expansão na América Latina e aprimoramentos no sistema de gestão de ensino (Learning Management System, ou LMS) desenvolvido pela EBAC. A ideia é, por exemplo, usar inteligência artificial para detectar pontos de dificuldade de aprendizado de cada aluno, ou mesmo melhorias nos cursos. “Se todo mundo tem problema em um determinado ponto, será que não tem alguma questão ali?”, diz Rafael. Também estão sendo reforçados o relacionamento com a indústria e o suporte aos alunos em termos de possibilidades de carreira. Há ainda planos para uma atuação B2B.
Novo cenário para o ensino e o mercado de trabalho
“A universidade não será mais o único meio de você se capacitar, se habilitar para uma carreira profissional. Ela não vai acabar, mas,  mais e mais, vamos ver no mundo escolas que suplementam e deem escala que se precisa para a capacitação [upskilling] e recapacitação [reeskiling] da mão de obra”, avalia Rafael.
A estimativa do Fórum Econômico Mundial é que até 2030, 1 bilhão de pessoas no mundo terão que se recapacitar para atuar em áreas de atuação que não são as suas originais.

Essas mudanças no mundo do trabalho e da educação têm sido os motivadores de um forte crescimento nos aportes em startups da área de educação. Só no 1º trimestre no Brasil, o segmento, que nunca esteve na prioridade dos investidores, chegaram a US$ 222,5 milhões, um salto de quase 10 vezes na comparação com o mesmo período de 2020.
EBAC Online
A EBAC Online foi criada por Rafael e pelos russos Alexander Avramov e Andrey Anischenko em junho do ano passado, quando a pandemia interrompeu as aulas presenciais.

O 1º teste foi feito em julho com apenas um curso oferecido pela Escola Britânica de Artes Criativas e Tecnologia (EBAC), que está em operação há 5 anos e que tem Rafael e Alexander como sócios. Segundo Rafael, o resultado foi muito bom e motivou a criação do novo negócio. “Nunca imaginamos que estaríamos neste momento hoje”, diz Rafael.