Audiovisual

O multiverso da Marvel

Saiba quando surgiu a ideia de multiverso, por que ela só foi usada agora no cinema e como ela é uma ferramenta poderosa para contar histórias

16 de maio, 2022

Faz alguns anos que o assunto multiverso está em alta. Este conceito está sendo explorado em filmes, quadrinhos e em séries de televisão. O assunto voltou com tudo neste mês por causa do novo filme da Marvel, Doutor Estranho no Multiverso da Loucura, e parece que vai estar presente por algum tempo.

Doutor Estranho no Multiverso da Loucura - Imagem de divulgação/Marvel Studios

Neste artigo, falaremos sobre o multiverso da Marvel. Quando ele surgiu, como está presente nas histórias em quadrinhos (HQs) e nos filmes e o porquê da Marvel ter demorado tanto tempo para levar o multiverso para as telas de cinema.

Atenção: este artigo contém alguns spoilers de séries e filmes da Marvel.

O que é o multiverso

O multiverso é o conjunto hipotético de múltiplos universos, incluindo este em que nós vivemos. Cada um deles possui uma realidade paralela. Vamos imaginar: aqui neste planeta você é um músico de sucesso. É possível que em outro universo o seu “eu” seja um médico e em outro, um chef de cozinha.

A ideia é que existam infinitos universos e cada um é único. Entre eles, há divergências causadas por diferentes decisões que foram tomadas e que alteraram o rumo da história.

O conceito de multiverso não é novo. Há anos, filósofos e cientistas teorizam a seu respeito. Porém, enquanto não é provada a sua existência, o multiverso é explorado pelo mundo da ficção. As HQs foram onde a ideia de multiverso primeiro se popularizou.

Quando o multiverso apareceu nos quadrinhos da Marvel

Aqui não vamos falar sobre o multiverso da DC Comics, mas é justo citar que foram eles os primeiros a apresentarem esse conceito de viagem entre realidades alternativas. Isso aconteceu na HQ Wonder Woman #59, de 1953. Na história, a protagonista encontra uma versão de si mesma que vinha de uma outra realidade.

Foi em 1962 que universos alternativos começaram a aparecer nos quadrinhos da Marvel, a partir do personagem Johnny Storm (Tocha-Humana), do Quarteto Fantástico, que visitou a Quinta Dimensão na HQ Strange Tales #103.

Porém, o nome “multiverso”, na Marvel, só foi citado pela primeira vez na série de quadrinhos What If…?, na década de 70. Nela, o intuito da história é mostrar realidades alternativas. Ela traz situações como: a morte de Tia May no lugar da do Tio Ben (personagens do Homem-Aranha) e a Feiticeira Escarlate apagando todos os poderes do planeta.

Strange Tales #103 - Marvel

Dos anos 80 para cá, os universos da Marvel começaram a receber nomes. Falaremos mais disso a seguir.

Terras paralelas da Marvel Comics

São inúmeros universos criados nos quadrinhos da editora. Listá-los é tarefa quase impossível. Muitas aventuras aconteceram neles, incluindo a saga Guerras Secretas (2015) que junta heróis e vilões de diferentes mundos.

Alguns universos que aparecem nessa saga são: Terra-616 (Universo Principal), Terra-1610 (Universo Ultimate), Terra-2149 (Zumbis Marvel) e Terra-65.

Guerras Secretas - Marvel

  • Terra-616 (Universo Principal)

Esta é a terra onde acontece a cronologia oficial da Marvel, o universo principal. As histórias mais famosas da Marvel acontecem aqui. Na Terra-616 encontramos o Homem-Aranha, Capitão América, Homem de Ferro, Hulk, Viúva Negra e a Capitão Marvel.

Vale ressaltar que este universo principal não é o marco zero do multiverso da Marvel. Ele é considerado só mais um, entre tantos universos que existem.

Personagens da Terra-616 da Marvel

  • Terra-1610 (Universo Ultimate)

Um dos universos alternativos mais populares da editora, aqui a Marvel trouxe histórias “pé no chão”.

Nela, alguns poderes e origens de famosos personagens foram refeitos. O poder do Hulk, por exemplo, não veio da bomba gama, mas de um experimento que tentava recriar o soro do Capitão América.

Neste universo foi onde surgiu o Miles Morales, o novo Homem-Aranha, e também onde os Vingadores foram substituídos pelos Supremos.

Homem-aranha da Terra-1610 (Universo Ultimate) da Marvel

  • Terra-2149 (Zumbis Marvel)

Neste universo, a Marvel desenhou uma realidade em que é dominada por zumbis. Na Terra-2149 há uma doença misteriosa que se espalha e causa grandes problemas. Esta é uma história criada por Robert Kirkman, um dos autores de The Walking Dead.

Personagens da Terra-2149 da Marvel

  • Terra-65

Aqui, o homem-aranha não é o Peter Parker. A aranha radioativa pica a Gwen Stacy e ela se torna a Mulher-Aranha. Nesta realidade, Parker acaba virando o Lagarto e, eventualmente, ele e a Mulher-Aranha se enfrentam.

Mulher-Aranha, vivida pela Gwen Stacy, na Terra-65 da Marvel

O multiverso no Universo Cinematográfico Marvel

A Marvel vem trabalhando aos poucos em seus filmes a ideia de multiverso. No filme Doutor Estranho no Multiverso da Loucura, temos o protagonista do filme viajando entre diversos mundos e vendo outras de suas versões.

Porém, este não foi o primeiro filme da Marvel a retratar o multiverso nem o encontro de um personagem com uma outra versão sua. Abaixo, listamos alguns filmes que citaram ou trouxeram os múltiplos universos:

  • Vingadores: Ultimato

O conceito de multiverso foi apresentado ao público pela primeira vez em 2019 através do filme Vingadores: Ultimato. Nele, a missão de derrotar Thanos fez com que os heróis da Terra descobrissem que existe mais do que uma linha no tempo.

Vingadores: Ultimato - Imagem de divulgação/Marvel Studios

  • Loki e What If…?

A empresa também fez as séries Loki e What If…?, que exploraram mundos paralelos. Em Loki, vemos o personagem interpretado pelo ator Tom Hiddleston viajando entre universos. Já a série What If…? nos mostra como seriam outras versões do mundo da Marvel. Por exemplo: o que aconteceria se o Pantera Negra não fosse o T’Challa.

Loki - Imagem de divulgação/Marvel Studios
What if...? - Imagem de divulgação/Marvel Studios
  • Homem-Aranha: Sem Volta para Casa

Em Homem-Aranha: Sem Volta para Casa, lançado em 2021, nós vimos o Doutor Estranho fazendo uma magia que acaba interferindo na estabilidade do espaço-tempo e apresenta, oficialmente, o multiverso para o Universo Cinematográfico Marvel.

Uma das consequências da magia é a aparição de antigos homens-aranhas, interpretados pelos atores Tobey Maguire e Andrew Garfield, ao lado do atual, interpretado pelo Tom Holland.

Homem-Aranha: Sem Volta para Casa - Imagem de divulgação/Marvel Studios

  • WandaVision

Em WandaVision, nós vemos a Wanda construindo o que podemos chamar de “universo de bolso”, um universo só para ela. Nele, Wanda realiza o seu sonho de construir uma família.

Os acontecimentos de WandaVision estão diretamente ligados ao que ocorre em Doutor Estranho no Multiverso das Loucuras. Na cena pós-crédito da série, inclusive, Wanda está aprendendo feitiços obscuros que trouxeram efeitos para o multiverso no novo filme da Marvel.

WandaVision - Imagem de divulgação/Marvel Studios

  • Doutor Estranho no Multiverso da Loucura

Todos os filmes e séries citados aqui, de alguma forma, têm relação com o que foi mostrado em Doutor Estranho no Multiverso da Loucura (trailer abaixo). É no novo filme que podemos ver, de fato, alguns dos tantos universos que existem.

No filme, assistimos o protagonista vagando por outros mundos em companhia da America Chavez e tendo contato com outros Doutores Estranhos universo afora.

Por que a Marvel demorou a levar o multiverso para seus filmes

Como vimos, o multiverso já é um conceito usado há muito tempo nos quadrinhos. No cinema, entretanto, ele demorou a aparecer. Foram mais de 20 filmes até a editora o trazer para as telas.

O porquê disso foi explicado pelo presidente da Marvel Studios, Kevin Feige. Ele disse: "A Anciã fala sobre isso em Doutor Estranho, quando ela está falando com Stephen Strange por meio daquela jornada mental. [O multiverso] é uma das mais poderosas ferramentas de contar histórias nos quadrinhos. Você deve manuseá-la com cuidado, porque ela pode ser exagerada. Mas é uma opção que, obviamente com os 60 a 80 anos de quadrinhos, agora com mais de 20 filmes temos personagens o bastante para brincar dessa forma”.

Próximos filmes e séries da Marvel com multiverso

Depois de Doutor Estranho no Multiverso das Loucuras, será em Homem-Formiga e a Vespa: Quantumania, previsto para 2023, que veremos mais o multiverso no cinema. O filme deve falar sobre o Reino Quântico e mostrar o envolvimento dele com os conceitos de viagem no tempo e múltiplos universos.

Homem-Formiga e a Vespa: Quantumania - Imagem de divulgação/Marvel Studios

Quando falamos em série, a próxima em que o multiverso estará presente deve ser na segunda temporada de Loki. No último episódio da primeira temporada, Loki acorda em uma nova linha temporal. Então, teremos a continuidade dessa trama.

A série de animação What If…? também vai ganhar uma segunda temporada. Apesar de, conceitualmente, ser uma série que brinca com as possibilidades de mundos paralelos, a expectativa é que ela traga detalhes importantes para o futuro dos filmes e séries da Marvel.

As possibilidades oferecidas pelo multiverso são incontáveis

A Marvel já deixou claro que deve explorar a ideia de multiverso em suas próximas produções. Com ele, não há limites para a criatividade e as possibilidades são muitas.

Além de já ser muito interessante por si só retratar os personagens que nós conhecemos de outras formas, a empresa poderá, por exemplo, colocar o Tom Cruise como Homem de Ferro, sonho antigo de muitos fãs.

Ter a oportunidade de ver outros atores interpretando os personagens clássicos em diferentes universos, trazer de volta personagens que são queridos pelo público ou até ter crossovers são possibilidades reais. Imagine o Homem-Aranha fazendo parte do Quarteto Fantástico. Com o multiverso, não há nada que impeça a ideia de ser transformada em realidade.

Até aqui, o multiverso tem atraído a curiosidade do público. O filme Doutor Estranho no Multiverso da Loucura já é a 5ª maior estreia no cinema no Brasil e alcançou US$ 500 milhões em bilheteria mundial. A Marvel tem nas mãos muitas possibilidades. Se elas agradarem o público, nós ouviremos e conheceremos ainda mais o multiverso.

Faça o seu próprio filme!

Se você tem vontade de produzir vídeos ou trabalhar no cenário audiovisual, conheça o nosso curso Filmmaking: da ideia ao primeiro filme. Nas aulas, os alunos adquirem conhecimentos sobre técnica de roteiro, direção e edição para criar histórias interessantes para redes sociais, empresas e clientes. Tudo isso com um celular ou uma câmera básica. Este curso pode ser a sua porta de entrada para a indústria do audiovisual!