Atuar como personal stylist é a meta profissional de Cris Nunes para este ano

Última atualização
02 out 2023
Tempo de leitura
8 min
Transição de carreira de Cris Nunes

Atualmente trabalhando em um call center, Cris Nunes já fez seu primeiro atendimento como personal stylist e não vê a hora de completar a sua transição de carreira, virar especialista e desenvolver projetos na área da moda

Cris Nunes (32 anos) sempre soube que tinha interesse por assuntos relacionados à moda. Mas ela não imaginava que era nesse setor que ela também se encontraria profissionalmente.

Após começar a falar e dar dicas em seu Instagram, de forma despretensiosa, sobre looks e moda consciente, Cris colocou uma meta para si mesma no ano passado: se aprofundar nesses assuntos para passar informações com propriedade e clareza para o seu público.

Por isso, ela se inscreveu no curso de Personal Stylist da EBAC. E foi por conta dele que ela descobriu onde queria trabalhar. Hoje, atuando em um call center, Cris está em transição de carreira, já fez seu primeiro atendimento como personal stylist e está com vários planos para o seu futuro.

Cris Nunes

Cris Nunes. Fonte: arquivo pessoal

Relação com a moda é antiga e dicas sobre looks e moda consciente eram dadas em seu Instagram

“Eu sempre gostei de moda, mas a minha relação com a área não era tão positiva porque eu descontava as minhas emoções no consumo. Quando saí do Maranhão para morar em Goiânia, fiquei com saudade da minha família e o meu jeito para fazer com que a tristeza fosse embora era ir comprar no shopping. Só que eu fazia essas compras de maneira inconsciente. Eu achava as peças bonitas e as adquiria.

Com o passar dos anos, comecei a dar dicas de moda no meu Instagram e quis entrar na carreira de digital influencer. E o engraçado é que eu falava sobre moda consciente, mas eu vi que o meu lado consumista não estava alinhado com os meus princípios.

Diante de tudo isso, percebi que precisava me aprofundar mais na área, tanto para passar as informações corretas sobre moda com propriedade e clareza quanto para mudar esse meu lado consumista. Comecei a estudar sozinha, mas tive como meta, em 2022, fazer um curso na área de moda.”

Apesar de já ter tentado atuar em outras áreas, foi na moda que Cris se encontrou e, por isso, está em transição de carreira

“Eu já tentei entrar em outros cursos, como engenharia de produção e enfermagem. Só que eu fazia só alguns semestres e parava no meio porque eu não me identificava com as profissões. Isso gerou frustração em mim. Eu pensava ‘será que o problema está em mim? Por que eu começo e não termino?’.

Hoje eu trabalho em um call center, mas desde que eu comecei a entender mais sobre o universo da moda, descobri por que nada daquilo que eu já tinha tentado nunca fez sentido para mim. Aquelas profissões não eram a minha paixão. Agora, eu estou numa transição de carreira.”

Histórico da EBAC chamou a atenção de Cris na hora de escolher a instituição

“Quando eu tomei a decisão de me aprofundar na área, procurei por alguns cursos no Instagram e acabei encontrando a EBAC. Vi um pouco da história da escola, li comentários nas redes sociais, percebi que era uma instituição que atuava havia um tempo no mercado e era conceituada. Eu senti confiança na empresa. Recebi as condições adequadas para fazer a matrícula e decidi me inscrever. Essa foi a melhor decisão que eu poderia ter tomado!”

Conteúdo profundo e atividades práticas são os destaques do curso para Cris

“Quando eu estava no processo de escolher um curso, queria um que tivesse conteúdo profundo e me ensinasse a ter propriedade sobre a área. Afinal, esse foi praticamente o meu primeiro curso de moda, eu só havia feito um outro sobre costura. E eu escolhi a EBAC por perceber isso na grade de conteúdo.

E, para mim, iniciar o curso de personal stylist foi uma experiência incrível, além do que eu imaginava. Não é só um curso que fala sobre como fazer combinações de looks, foi realmente muito mais profundo.

Quando eu faço as atividades e coloco o que foi ensinado em prática, consigo aprender muito mais. Eu memorizo, absorvo o que foi passado e obtenho um bom resultado. As atividades são um momento de liberdade que eu tenho para arriscar. E se algo der errado, haverá tutores na plataforma para me dar suporte. Eles fazem toda uma análise dos trabalhos e esse feedback é muito importante. Eu gosto dessa forma de ensinar.

E, no geral, o conteúdo do curso está sendo inédito para mim. Muitos detalhes eu não sabia e, quando você vai aprendendo, tudo vai fazendo sentido. Essa sensação, para mim, é incrível!

Ainda não concluí o curso, mas para mim ele foi um divisor de águas. Foi depois dele que eu tive certeza de que era essa profissão que eu queria seguir. Agarrei essa oportunidade de aprender com todas as forças e me dedico ao máximo às aulas. E é bom porque o conteúdo fica gravado e eu posso voltar quando e quantas vezes quiser.

Além disso, eu ganhei o curso de plano de carreira que me deu uma base para ingressar nesse mercado.”

Cris já está aplicando em seu próprio guarda-roupa os conhecimentos adquiridos no curso

“Depois do curso, o meu olhar já mudou muito. A gente passa a se conhecer, a entender o próprio estilo, o que faz e o que não faz sentido usar… eu vejo tudo com um outro olhar!

Antigamente eu comprava muito sem consciência. Hoje, eu tenho controle e o meu guarda-roupa é funcional, um conteúdo que foi ensinado no curso. Eu vejo a qualidade de cada peça, analiso as texturas dos tecidos, sei o que é importante para ter no guarda-roupa, quais peças fazem parte do meu estilo, consigo diferenciar uma peça da outra e presto atenção aos acabamentos. Então, já coloquei os conhecimentos em prática e pretendo continuar fazendo isso. São vários benefícios que eu já percebo.

Além disso, o conteúdo do meu Instagram também enriqueceu. Antes de fazer o curso, as pessoas já chegavam ao meu Instagram para pedir dicas em relação à moda, mas hoje eu vejo que chegam bem mais. Eu acredito que quanto mais essas pessoas vêm, é porque eu já estou tendo uma autoridade na área. Sinto que eu preciso melhorar a cada dia, mas eu já percebo que tenho mais segurança, e o conteúdo do curso tem muito a ver com isso. Até porque qualquer dúvida que eu tiver, posso consultar os materiais.”

Primeiro atendimento como personal stylist já aconteceu e a experiência foi incrível

“Eu já fiz o meu primeiro atendimento como personal stylist. Foi uma troca de parcerias entre eu e uma outra profissional, que também está em transição de carreira e faz análise corporal.

Foi uma experiência incrível! Fiz um closet detox, uma consultoria de estilo e montei alguns looks para o trabalho dela. Apesar da insegurança, o processo fluiu bem. Fui lembrando do que eu tinha aprendido e coloquei em prática. No final, a cliente ficou muito feliz e agradecida, e já falou, inclusive, que já usou as combinações de roupas no trabalho e foi elogiada.

Achei o processo muito interessante, gostei de ter feito o atendimento. Também estou colocando em prática meus conhecimentos atendendo pessoas da minha família.”

Para o futuro, Cris pretende concluir a transição de carreira, continuar se especializando, atuar como professora e dar vida a projetos com foco em mulheres

“Definitivamente eu me encontrei e estou muito feliz. Hoje eu já falo que sou uma personal stylist e as pessoas já me olham com credibilidade. Ainda sou insegura, sim, mas à medida que eu adquiro e compartilho conhecimento, sinto que fico mais segura e absorvo aprendizados também.

A curto prazo, eu pretendo concluir a minha transição de carreira. Quero terminar o curso, fazer outros, me especializar em visagismo e fazer consultorias. Eu me apaixonei pela área.

Já a longo prazo, eu me vejo como uma professora. Eu amo compartilhar conhecimento, ensinar, falar… então, quero estruturar o meu curso sobre a área. Eu também tenho vontade de desenvolver um projeto que está dentro do meu coração há muito tempo e acho que faz sentido. Quero abrir um projeto para mulheres em situação de vulnerabilidade.

Tenho vontade de ajudar as mulheres que estão com depressão, que saíram de um relacionamento abusivo ou têm uma autoestima baixa. Quero desenvolver uma metodologia em que eu possa compartilhar tudo o que aprendi. Quero fazer esse projeto para pessoas que necessitam de atenção, mas que talvez não tenham condições de pagar por uma consultoria, por exemplo. Eu sei que esse é um sonho grande, mas vou trabalhando aos poucos até chegar lá. Esse é o caminho que eu quero trilhar. Quero pegar o meu conhecimento para transformar a vida de outras pessoas, assim como o conhecimento de outros transformou a minha.”

Página inicial / Depoimentos
Bruna Montenegro

O conteúdo

Personal Stylist

Aprenda a criar estilos pessoais marcantes definindo roupas, acessórios, cores, texturas e muito mais para montar um guarda-roupa harmonioso e mapas de estilo para você e seus clientes. Conquiste seus primeiros trabalhos e comece a sua própria consultoria de moda e estilo.

4 meses
12x de
R$ 250,75
(parcelas sem juros no cartão de crédito)
Investimento pelo curso completo
R$ 3.009
R$ 5.015
Inscreva-se no curso
Compartilhe sua opinião
Notificar sobre comentários

Ou como convidado

Cadastre-se Cadastre-se Cadastre-se Cadastre-se Cadastre-se

Artigos Relacionados

25 nov 2023
6 min
9 livros para ler sobre moda

Descubra as melhores histórias sobre moda para ler no seu tempo livre.

25 nov 2023
6 min
22 nov 2023
13 min
Aos 45 anos, estudante da EBAC realiza sonho de trabalhar na área de TI

Rodrigo Rossetti Tozatti, estudante do curso Profissão: Engenheiro de Qualidade de Software, está integrando uma equipe de QA. Confira como foi a sua jornada profissional até aqui e inspire-se!

22 nov 2023
13 min
18 out 2023
10 min
A História da Gucci

Conheça as etapas do desenvolvimento de uma das marcas mais polêmicas do mundo.

18 out 2023
10 min
03 out 2023
6 min
Estudante da EBAC conquista primeiro emprego com suporte do Programa de Empregabilidade

Caio Lobo é aluno do curso Profissão: Especialista Back-end Java e, hoje, atua como analista de sistemas júnior na Peopleware Tecnologia

03 out 2023
6 min
19 set 2023
10 min
Lucas Corrêa: o estudante da EBAC que conquistou uma vaga na Amazon

Aos 26 anos, Lucas era oficial temporário do exército e, após fazer o curso Profissão: Analista de Dados e participar do programa de empregabilidade da EBAC, conquistou uma vaga na área de logística da Amazon.

19 set 2023
10 min
30 jul 2023
7 min
Karen Fioravanti: antes e depois de fazer o curso de design de iluminação

Karen Fioravanti se inscreveu no curso de design de iluminação para que os seus projetos ficassem mais profissionais.

30 jul 2023
7 min