Após anos trabalhando na área de design gráfico, Laura Albano se redescobriu como UX designer

Última atualização
02 out 2023
Tempo de leitura
6 min
Do design gráfico para a área de UX design

Depois de uma semana no Programa de Empregabilidade, Laura, estudante do curso Profissão: UX/UI Designer, conquistou uma vaga como UX Designer e hoje ganha 50% a mais do que antes

Nos últimos anos, Laura Albano (27 anos) vinha atuando como designer gráfico. Na área, ela já havia feito de tudo um pouco. Por conta de seu último emprego, descobriu o mundo de UX design e, nele, viu uma oportunidade de crescer profissionalmente e fazer atividades que a empolgavam mais.

Após um ano estudando sozinha, Laura decidiu se inscrever no curso Profissão: UX/UI Designer para ter acesso a um curso estruturado e, principalmente, ter auxílio em sua transição de carreira. E foi justamente isso que ela encontrou aqui na EBAC. Uma semana depois que começou a participar do nosso Programa de Empregabilidade, Laura passou num processo seletivo e, hoje, atua como UX designer.

Laura Albano

Laura Albano. Fonte: arquivo pessoal

Laura viu na área de UX design a possibilidade de crescer profissionalmente e atuar de uma forma que a animava

“Eu trabalhei durante nove anos como designer gráfico. Na área, eu fiz de tudo o que você pode imaginar: design visual, branding, design editorial, web design…. tudo! No meu último emprego, eu trabalhei para uma Organização Não Governamental (ONG) dos Estados Unidos, que era focada em saúde mental infantil, e eu fazia sites e e-mail marketing. Por isso, eu tinha que pesquisar como eu poderia fazer da melhor forma. Foi aí que eu conheci a área de UX design e acabei gostando.

Pesquisando mais sobre UX, eu vi que a carreira nessa área tinha bastante possibilidade de crescimento, os cargos eram bem remunerados, eu poderia fazer home office e trabalhar para empresas de fora do país, que era uma coisa que eu já fazia e gostava bastante.

Além disso, eu estava um pouco cansada da área de design gráfico, de ter que ser muito criativa e subjetiva. O UX é um pouco mais técnico, há diretrizes que você pode seguir, frameworks… então isso me atraiu bastante e, no começo do ano passado, eu resolvi fazer a transição.”

Além de um curso estruturado, Laura estava em busca de instituições que a ajudassem em sua transição

“Eu estudei praticamente um ano sozinha. Eu consultei diversos materiais na internet, assisti a vídeos no YouTube e fiz alguns cursos grátis. Eu já tinha acumulado bastante conhecimento, mas sentia falta de fazer um curso mais estruturado.

Por procurar bastante material sobre UX design, eu sempre era impactada por algum anúncio da EBAC. Eu achei legal a proposta do curso, mas o que me atraiu realmente foi que a escola poderia me ajudar com a transição de carreira.

Eu percebi que a EBAC poderia não apenas me dar conhecimentos técnicos, mas também havia consultas com o Centro de Carreiras e, ainda, o Programa de Empregabilidade, e eu precisava de ajuda justamente nessa parte. Então decidi me inscrever.”

Aprender a fazer um case do zero foi um diferencial no curso

“Por mais que eu já soubesse muitas coisas do conteúdo de UX, o curso da EBAC preencheu algumas lacunas de conhecimentos que eu tinha. Sem contar que algumas outras coisas eu não havia visto ainda, então valeu a pena. Mas uma das partes técnicas do curso mais valiosas para mim foi o passo a passo para montar um case. Eu já tinha alguns cases que havia feito por conta própria, mas quando você tem um acompanhamento de tutores para montar um case do zero é outra história. Foi bem legal ter os feedbacks.”

As consultas no Centro de Carreiras fizeram a experiência de Laura na EBAC valer a pena

“As consultas com o Centro de Carreiras valeram a pena demais para mim, a experiência foi muito boa! A consultora que me atendeu foi a Tereza Penido, que também é psicóloga, e ela me ajudou com a questão da timidez. Por eu ser muito tímida, fazer entrevistas de emprego sempre foi um desafio. E ela me acalmou, falou que esse detalhe não era tão importante e que eu iria conseguir fazer as entrevistas. Além disso, ela me ajudou a estruturar o meu currículo e o LinkedIn. Então, para mim, essa parte foi muito proveitosa. Eu gostei bastante.”

Após uma semana no Programa de Empregabilidade, Laura conquistou uma vaga como UX designer

“Quando eu acabei as consultas com o Centro de Carreiras, logo me encaminharam para a equipe do Programa de Empregabilidade. De início, eu achei que ia demorar uns três ou quatro meses para achar alguma vaga e ter resultado, mas foi muito mais rápido do que isso!

Na primeira semana, a EBAC já enviou o meu currículo para um processo seletivo e me chamaram para a entrevista – ou seja, não fui eu que enviei o currículo, foi a própria escola! Durante a entrevista, coloquei em prática as dicas que me deram e acabei conquistando a vaga!”

Após meses sem conseguir entrar na área por conta própria, a conquista de vaga através do Programa de Empregabilidade foi um alívio

“O meu contrato com a última empresa havia acabado no meio do ano passado. Eu resolvi parar para estudar UX design de verdade, já que eu teria mais tempo, e fazer a transição. Então, nesse período, eu não estava trabalhando. Quando acabou o ano, eu ainda não tinha conseguido nenhum emprego na área de UX, eu meio que entrei em desespero e fiquei pensando ‘eu preciso fazer alguma coisa!’. Foi nesse período que eu decidi fazer o curso da EBAC.

“Quando recebi a notícia de que eu havia sido aprovada na entrevista foi um alívio. Ali percebi que tinha valido a pena estudar e ter me esforçado tanto. Foi bem legal. E todo o processo foi bem rápido, então foi muito bom!”

Após a transição de carreira, Laura teve aumento salarial e há chances de crescer profissionalmente

“Essa transição de carreira também foi financeiramente boa para mim. Eu vou ganhar praticamente 50% a mais do que eu ganhava antes, e isso porque eu ainda estou como júnior. Eu tenho a possibilidade de crescer ainda mais! Até durante a entrevista o diretor falou que, a depender do meu desempenho, ele poderia aumentar o meu nível de experiência, então, fiquei bem feliz!”

Focar na área de UX é o plano profissional de Laura

“Para o futuro profissional, eu quero continuar focando na área de UX, porém mais na parte de produto. Pretendo fazer um curso de product manager para agregar conhecimento. Acho que é interessante para um product designer fazer isso. Então não vou parar de estudar e vou focar em UX, esse será o meu objetivo principal.”

Página inicial / Depoimentos
Bruna Montenegro

O conteúdo

Profissão UX/UI Designer

Você aprenderá como projetar interfaces amigáveis para ambientes digitais com foco na experiência do usuário e criar designs incríveis e eficientes para navegação. Torne-se um Designer que entende as necessidades do seu público, traga soluções visuais inovadoras para o usuário e ótimos resultados para os negócios.

10 meses
12x de
R$ 422,92
(parcelas sem juros no cartão de crédito)
Investimento pelo curso completo
R$ 5.075
R$ 10.150
Inscreva-se no curso
Compartilhe sua opinião
Notificar sobre comentários

Ou como convidado

Cadastre-se Cadastre-se Cadastre-se Cadastre-se Cadastre-se

Artigos Relacionados

25 jan 2024
6 min
O que faz um full stack designer e como se tornar um?

Requisitado pelas empresas, esse profissional domina diferentes áreas do design

25 jan 2024
6 min
09 jan 2024
11 min
O que é identidade visual?

Entenda qual a importância e os benefícios de uma identidade visual para uma empresa e como desenvolver uma.

09 jan 2024
11 min
23 dez 2023
6 min
O que é e no que consiste o design editorial?

Seus textos vão se tornar mais interessantes e fáceis de ler, se você pensar em cada elemento visual da apresentação dele.

23 dez 2023
6 min
17 dez 2023
8 min
O que faz um ilustrador e como se tornar um

Um ilustrador capta a essência visual de um texto e ajuda o leitor a processar a informação

17 dez 2023
8 min
11 dez 2023
5 min
Estudantes da EBAC participam de workshop no escritório da Adobe

Com foco na Adobe MAX 2023, os estudantes da EBAC ficaram por dentro das atualizações que estão sendo implementadas nas ferramentas da Adobe

11 dez 2023
5 min
27 nov 2023
8 min
5 geradores de imagens com IA que você precisa conhecer

Pinte um quadro sem usar pincel nem tinta.

27 nov 2023
8 min