Carreira

Profissionais de TECH: oportunidades de trabalho no Brasil e no exterior

Confira algumas dicas para se sair bem nos processos seletivos nacionais e internacionais na área de tecnologia.

Jul 06, 2022

Recentemente aconteceu o primeiro intensivo Jornada Dev da EBAC. Esse evento de 7 dias de aprendizado, com aulas gravadas e mentorias ao vivo, contou com excelentes profissionais da área de tecnologia.

Além do conteúdo técnico, o intensivo também teve a participação de Letícia Quevedo, International Tech Recruiter na GeekHunter, empresa especializada no recrutamento e seleção nacional e internacional de profissionais de tecnologia.

Durante a sua participação na Jornada, Letícia trouxe algumas informações sobre o mercado de trabalho na área de tecnologia e algumas dicas para profissionais que estão buscando oportunidades na área.

Para este conteúdo, separamos algumas das falas da Tech Recruiter que podem ajudar você, que tem interesse na área ou já é profissional de tecnologia, a analisar melhor o mercado e ter maior proveito das oportunidades de trabalho.

Panorama do mercado de trabalho e oportunidades para profissionais de tecnologia

Letícia Quevedo, International Tech Recruiter na GeekHunter

“Na área tech, a gente vê um crescimento muito grande de contratações de profissionais de tecnologia de todos os níveis. No ano de 2021, foram mais de 122 mil vagas abertas no Brasil para a área de tecnologia. Para este ano, há uma perspectiva de 30% a 40% de aumento nesse número de vagas no Brasil, sem contar empresas de outros países que desejam contratar profissionais aqui no país.

A gente vê uma grande movimentação das pessoas querendo ingressar na área, seja desenvolvendo softwares, programação e aplicativos ou na área de dados e gestão.”

É necessário cursar uma graduação para trabalhar na área de tecnologia?

“A gente sabe que a graduação tem um grande peso em outras áreas de trabalho. Em tecnologia percebemos que, embora a graduação tenha sua importância, é possível entrar no mercado de trabalho tendo cursos profissionalizantes, com um bom conhecimento técnico.

O que costumamos avaliar em processos seletivos são os projetos que a pessoa candidata já fez, suas atividades desenvolvidas, seu Github. Ter um portfólio atualizado com seus projetos é muito importante para conseguir ingressar no mercado de trabalho. Dessa forma, quem está fazendo o recrutamento poderá ver seu trabalho e a forma como você desenvolve seu código.”

Quais as áreas da tecnologia são tendências no momento?

“Hoje temos diferentes áreas em TI. Tem a área de dados, programação, desenvolvimento, algumas áreas em gestão, como Product Manager.

Uma das áreas que vemos com maior crescimento atualmente é a de desenvolvimento. Há muitas vagas para pessoas desenvolvedoras, vagas de full stack, front-end, back-end. Existe também a área de dados, que não é de fato dentro do desenvolvimento, mas tem se mostrado bastante importante para o desenvolvimento de empresas.”

Quais são os pontos de atenção durante um processo seletivo?

“Um dos erros que muitos candidatos cometem é a incoerência nas falas. Algumas vezes o recrutador pode fazer a mesma pergunta mais de uma vez, de formas diferentes. É importante que você preste bastante atenção para não ser incoerente nas respostas.

Outro ponto importante é a contextualização das respostas. Na maioria das entrevistas, as pessoas recrutadoras perguntarão suas experiências e projetos que você já vivenciou, tentando entender o contexto em que você estava inserido e como resolveu os problemas e desafios daquela vivência. Contextualizar a sua resposta, explicando a situação e como foi a sua resolução, é fundamental para uma entrevista de sucesso.”

Como conseguir um emprego na área de tecnologia em empresas de outros países?

“Para conseguir a primeira vaga internacional, é preciso entender como está esse mercado e quais são os países que possuem vagas para brasileiros. Hoje em dia vemos muitas oportunidades em países como Estados Unidos, Portugal, Canadá.

Também é preciso entender como são realizados os processos seletivos nesses países para saber no que você pode se destacar. A maioria das empresas internacionais utilizam um processo de entrevista por competência, que é justamente a compreensão do contexto das suas experiências e como foi sua atuação ali, para que possam avaliar suas habilidades.

Estes são os primeiros passos para começar a busca por oportunidades no mercado internacional. Depois, comece a trabalhar suas soft skills, conheça quais são suas fraquezas, quais são os seus pontos fortes e o que pode ser destacado na entrevista.

Também é preciso avaliar o seu inglês, se você consegue entender uma pergunta e responder perguntas no idioma.

Outro ponto que vale muito a pena trabalhar é o networking. Muitas vezes podemos conhecer pessoas que já estão trabalhando em empresas internacionais e podem ser a ponte de conexão entre você e essas empresas.”

Quais são as Soft Skills essenciais para um profissional de tecnologia?

“Existem diferentes soft skills que muitas empresas têm procurado ultimamente. A primeira delas é a comunicação. Ou seja, a habilidade de transmitir sua ideia, se expressar e entender o que outras pessoas estão perguntando.

A resiliência também é um ponto forte. A capacidade de você se manter ativo e proativo no dia a dia é essencial para resolver alguns desafios e problemas que acontecem ao mesmo tempo.

Outra soft skill que também é muito avaliada é a autonomia. A capacidade que você tem de tomar decisões, de fazer perguntas, de buscar conhecimentos novos, para poder apresentar ideias em reuniões e para solucionar problemas.”

Como migrar para carreiras na área de tecnologia?

“Hoje vemos muitas pessoas fazendo esse processo de migração de carreira e é muito importante que isso aconteça. Existem algumas formas de acelerar esse processo, para você poder ingressar no mercado de trabalho mais rápido.

O primeiro ponto é se conhecer bem e investir um tempo em autoconhecimento. Existem algumas ferramentas que podem te ajudar, como a Matriz SWOT. Com ela, você entende quais são suas fraquezas, seus pontos fortes, o que você pode desenvolver.

Outro ponto é conhecer empresas que estão alinhadas ao que você busca. Então, comece a participar de seus processos seletivos e entenda como eles funcionam, como são as entrevistas em tecnologia, como é um teste técnico na área.

Por fim, acredito que é fundamental expandir o networking. Converse com pessoas desenvolvedoras que já estão no mercado. Converse com tech recruiters para entender como realizam seus processos seletivos. Dessa forma você amplia sua rede de contatos e pode colher bons frutos disso.”

Jornada DEV da EBAC

A segunda edição do evento acontece agora, entre os dias 05 e 12 de julho, mas não para por aí! Nosso time de especialistas está preparando novas edições desse intensivo, com conteúdos atualizados e exclusivos para os próximos meses também!

Acompanhe nossas redes sociais e a página de Webinars da EBAC para ficar por dentro dos próximos eventos!