Os principais tipos de logotipos e exemplos para você se inspirar

Última atualização
14 nov 2023
Tempo de leitura
7 min

Pode não parecer, mas eles têm um processo de design complexo de criação

Os logotipos estão por toda parte. Dê uma olhada ao seu redor e provavelmente você encontrará alguns em suas roupas, no seu smartphone ou na sua garrafa de água.

De forma geral, logotipo e logo significam a mesma coisa: uma representação visual com o objetivo de identificar uma marca específica. Alguns designers consideram que logo é só o símbolo e logotipo, o símbolo com o nome da marca. Mas isso não é um consenso.

O que é consenso é que um bom logo tem um impacto poderoso, ajudando a marca a se destacar em qualquer meio de comunicação com seus clientes em potencial.

Imagem: vrsys.com.br

Os tipos de logotipos

Existem sete tipos diferentes de logotipos, que podem ser categorizados por: emblemas, representações pictóricas, logotipo de letras, monogramas, letras individuais (letterforms), abstratos, mascotes e logotipos combinados.

Emblemas

Este é o tipo mais antigo de logotipo: pense em brasões, monarquias. Um emblema é um texto dentro de um limite geométrico de um símbolo. Eles são memoráveis e conferem um ar de tradicionalismo à marca. Eles também dão a impressão de que a sua empresa existe há muitos anos e de que não irá a lugar nenhum tão cedo.

Imagem: Ford, WarnerBros, Harley-Davidson

O problema é que esse tipo de logo não permite escalabilidade: cheio de mínimos detalhes, emblemas podem não ficar visualmente bonitos ou legíveis se tiverem a resolução reduzida.

Representação pictórica (ou gráfica) da marca

As representações pictóricas são um símbolo ou ícone gráfico que, geralmente, representa um objeto do mundo real. É algo simples e direto. Esse objeto pode se referir ao que a empresa produz ou fazer uma referência ao seu nome.

Por exemplo a Apple, que tem seu nome literalmente traduzido graficamente com uma maçã. Ou a indústria de combustível Shell (concha, em português), que tem uma representação gráfica de uma concha. Já a emissora de TV Globo, tem um círculo e no centro um retângulo que faz alusão à tela de uma televisão. Esses exemplos têm algo em comum: são marcas consagradas o suficiente para serem reconhecidas apenas com um símbolo.

Imagem: Apple, Shell, Globo

Assim, se a marca é nova, recém lançada no mercado, esse tipo de logo pode não comunicar totalmente com o público alvo. A Starbucks adotou um logotipo com o nome seu nome no início, em 1971, e só em 2011 adotou a representação pictórica.

Linha do tempo da evolução do logotipo da cafeteria Starbucks que começou em 1971 com um logo com emblema. A partir de 2011, adotou apenas um logotipo pictórico cuja representação gráfica é uma sereia. Imagem: Starbucks

No vídeo abaixo, o site norte-americano Fast Company mostra (em inglês) essa evolução do logotipo da Starbucks:

The Secret Story Behind The Starbucks Logo

Logotipos de texto ou Wordmarks

Dentre os tipos de logotipo mais marcantes, temos os wordmarks ou logos de texto, em tradução livre. Uma vez que a principal característica do design desse tipo de logo é a tipografia, investe-se em uma fonte especialmente projetada para a marca. É o estilo e a cor das fontes que entregam toda a identidade da sua marca.

Imagem: Coca-ColaCompany, Google, Gillette, VISA, Canon, Vans

Um exemplo nacional é o da marca Havaianas, que se tornou sinônimo de chinelos no Brasil.

Imahem: Havaianas

O logotipo da empresa é um wordmark simples, mas com personalidade: as letras minúsculas, em uma fonte que lembra a escrita à mão é amigável. A cauda de um dos “as” vira para cima formando um sorriso e reafirmando a personalidade calorosa e convidativa da marca.

Esses logos também ajudam novos negócios que precisam de reconhecimento rápido, ou se um nome pessoal dá o nome da marca.

Neon é uma fintech brasileira que tem a proposta de unir tecnologia e simplificar a experiência financeira das pessoas. Seu logotipo tem um gradiente turquesa sutil e fonte arredondada, sendo um wordmark minimalista, mas criativo, sustentando a promessa de ser uma start-up e oferecer serviço bancário simples via aplicativo. Imagem: Neon

Monogramas ou lettermarks

Monogramas são uma maneira de reduzir o nome da marca a um acrônimo. Pegue as iniciais de cada palavra do nome da marca e pronto: o logotipo está pronto.

Imagem: hp, Louis Vuitton, IBM

A NASA, por exemplo, é a abreviação de National Aeronautics and Space Administration e usa uma sigla escrita em uma fonte futurista e única.Imagem: NASA

Porém, se a empresa nova no mercado, usar esse tipo de logo pode confundir o público. Mas esta situação tem uma solução fácil. Abaixo do monograma, insira o nome completo da marca.

Letras individuais ou letterforms

As letras individuais são ainda mais minimalistas que os monogramas e usam uma única letra como logotipo. Muitas vezes, as marcas terão uma versão adicional de logotipo incluindo o nome completo da empresa (wordmark, conforme explicado acima), para ser usado em diferentes ocasiões.

A Netflix, por exemplo, exibe a versão usando apenas o “N” em algumas comunicações publicitárias. O “N” foi adotado em 2016, para ser usado como favicon: palavra originada de favorite e icon (favorito e ícone, em português). Os favicons são pequenas imagens que ficam guardados no site para visualização pelo navegador. Geralmente são utilizados como logotipos em tamanho reduzido, nos sites de empresas, entidades e marcas quaisquer.

Imagem: Mcdonalds, Netflix, Unilever

Abstratos

O próximo da lista é o logotipo abstrato, que é feito usando uma imagem, apenas. É uma representação visual de um sentimento que deseja que a marca evoque.

A marca abstrata usa uma forma visual para transmitir uma grande ideia ou um atributo. Porém, podem causa ambiguidade na interpretação – o que muitas vezes é algo estratégico e funciona bem para grandes empresas que têm diversas divisões. Imagem: Spotify, Toyota, Nike, Mitsubishi, Pepsi, MasterCard

Mais uma vez, essa é escolha arriscada quando a marca é nova no mercado, pois nem todos interpretam uma representação abstrata da mesma maneira. Ainda assim, com uma boa estratégia de comunicação e branding por trás disso, esse logotipo pode diferenciar a marca dos concorrentes. Por exemplo, os notórios logos do Airbnb e Pepsi, que às vezes são acompanhados de seus nomes de marca, mas mesmo sem eles, são reconhecidos imediatamente.

O Airbnb realmente fez uma transição para um logotipo abstrato, que reúne seus valores fundamentais: pessoas, lugares, amor e “a” de airbnb. O resultado é como um coração desenhado à mão, mas invertido. Imagem: airbnb

Mascotes

São imagens de uma personagem ou pessoa que agem como uma representação visual da sua empresa. Pense nelas como um “porta-voz” da marca, pois grande parte da sua publicidade será centrada nelas.

Os mascotes dão ao público aquela sensação de acolhimento, que leva à criação de uma marca distintamente memorável.

Imagem: Pringles, KFC, BIC

O mascote escolhido para a Copa do Mundo de 2014 no Brasil foi o Fuleco, um tatu. Além de promover o esporte, a criação do Fuleco teve como objetivo conscientizar e sensibilizar o público sobre a importância do cuidado com o meio-ambiente.

Torne-se um brand manager!

través do curso Profissão: Brand Manager você vai poder criar e gerenciar marcas de sucesso. Por meio de atividades práticas, você vai aprender a ler pesquisas de mercado, a projetar uma identidade visual, conhecer tudo sobre branding e muito mais. Não perca essa oportunidade!

Página inicial / Design
Juliana Vaz

O conteúdo

Profissão: Brand Manager

Crie e gerencie marcas de sucesso. Aprenda a ler pesquisas de mercado, a projetar identidade visual, a comunicar as ideias e valores de um negócio. Conheça tudo sobre branding e torne-se um gerente de marcas em uma das posições mais valorizadas do mercado.

37 horas
12x de
R$ 447,50
(parcelas sem juros no cartão de crédito)
Investimento pelo curso completo
R$ 5.370
R$ 8.950
Inscreva-se no curso
Compartilhe sua opinião
Notificar sobre comentários

Ou como convidado

Cadastre-se Cadastre-se Cadastre-se Cadastre-se Cadastre-se

Artigos Relacionados

24 maio 2024
12 min
Teste de usabilidade: o que é e para que serve?

Prevenir falhas de design e ficar alinhado com as necessidades do usuário são alguns dos benefícios dessa técnica de pesquisa que avalia a facilidade de uso de um produto ou serviço.

24 maio 2024
12 min
18 maio 2024
8 min
Qual é a relação entre usabilidade e UX

Entenda por que a usabilidade é um fator importante para o sucesso de um negócio

18 maio 2024
8 min
25 jan 2024
6 min
O que faz um full stack designer e como se tornar um?

Requisitado pelas empresas, esse profissional domina diferentes áreas do design

25 jan 2024
6 min
09 jan 2024
11 min
O que é identidade visual?

Entenda qual a importância e os benefícios de uma identidade visual para uma empresa e como desenvolver uma.

09 jan 2024
11 min
23 dez 2023
6 min
O que é e no que consiste o design editorial?

Seus textos vão se tornar mais interessantes e fáceis de ler, se você pensar em cada elemento visual da apresentação dele.

23 dez 2023
6 min
17 dez 2023
8 min
O que faz um ilustrador e como se tornar um

Um ilustrador capta a essência visual de um texto e ajuda o leitor a processar a informação

17 dez 2023
8 min