Design

A realeza em casa: 06 inspirações de decoração com a série The Crown
Ao longo de suas quatro temporadas, The Crown sempre impressionou pelas atuações, produção e roteiro. No entanto, os cenários são também de cair o queixo. Filmada no Reino Unido, a série exibe paisagens das ruas de Londres, dos campos verdes inóspitos da Escócia e a intimidade da realeza em seus históricas e confortáveis moradias. Confira estas 06 dicas de inspirações e tendências para ambientes que a quarta temporada de The Crown traz em 2020 com suas referências aos anos 80 e à família real britânica.
Após inúmeras imagens das gravações vazadas nas redes sociais e muito marketing promocional, a Netflix estreou a quarta temporada da série “The Crown” no dia 15 de novembro com duas novidades. O enredo que coloca a atriz Olivia Colman no papel da rainha Elizabeth II, agora recebe duas novas atrizes como parte do elenco: Gillian Anderson, no papel da controversa primeira-ministra Margareth Thatcher e, Emma Corrin, atuando como Lady Diana, a princesa de Gales, no início de sua vida pública e como celebridade mundial nos anos 80.  
Ao longo de suas quatro temporadas, The Crown sempre impressionou pelas atuações, produção e roteiro. No entanto, os cenários são também de cair o queixo. Filmada no Reino Unido, a série exibe paisagens das ruas de Londres, dos campos verdes inóspitos da Escócia e a intimidade da realeza em suas históricas moradias: desde o Palácio de Buckingham, residência oficial da rainha, até o castelo escocês de Balmoral, o refúgio de verão da realeza. Resumindo, a cenografia revela locações que todos nós gostaríamos de passar pelo menos um dia de nossas vidas.

Dá até aquela vontade de usar a série como inspiração para nossas casas, não é mesmo? É vida e casa de rainha que chamam. Já tá se sentindo no Palácio de Buckingham? Confira estas 06 dicas de inspirações e tendências para ambientes que a quarta temporada de The Crown traz em 2020 com suas referências aos anos 80 e à família real britânica:

1. Babados


Os anos 80 foram definitivamente a década dos babados. Era nítida a obsessão da Princesa Diana com babados em camadas, golas altas e volumosas e grandes mangas bufantes, como pode ser visto em seu icônico vestido de noiva em 1981. Curte babados? Você pode trazer esta tendência para dentro de casa através de cortinas com grandes franjas, toalhas elegantes de mesa ou em pequenos detalhes na decoração. É fofo, né? 

2. Estampas Florais


As estampas florais foram uma forte tendência nos anos 80, com inúmeros ambientes repletos de sofás e poltronas em chita estampada com flores. Aquele típico visual de casa de campo aconchegante aos finais de semana estava na moda. Para atualizar este estilo para os dias atuais, experimente usar alguns padrões de treliça em madeira e...pronto! Você irá se sentir como se estivesse num chalé confortável de férias com o casal real William e Kate. 

3. Uma casa no campo


Como mencionamos no tópico anterior, o estilo “casa de campo” já foi uma forte tendência. Na série de The Crown, vemos ambientes clássico e confortáveis, com cores mais frias contrastando com outros tons mais intensos. Alguns ambientes também refletem um lado mais rústico inspirado no castelo de Balmoral na Escócia, onde os royals saem para caçar e curtir a natureza sem jamais perder a pose, obviamente. Que tal usar esta inspiração na sua sala de estar?
4. Tapeçaria

Os tapetes com padrões feitos em teares de largura estreita eram o auge da elegância, os padrões de treliça e trevo eram os mais populares entre as famílias inglesas durante muitas décadas além dos anos 80. Outros tapetes eram considerados o cúmulo do bom gosto, desenhados em tons de dourado, castanho, verde e vermelho. No Reino Unido, tapeçarias ainda decoram o chão das salas de estar de todo o país. O chá das 5 nunca foi tão estiloso!

5. Cores Ousadas



Como tudo nos anos 80, as cores eram ousadas e vigorosas. Tá a fim de uma decoração mais intensa: que tal um tapete cor de tomate com sofá verde? Com certeza, ainda faria muito sucesso. Porém, para 2020, é importante estabelecer um equilíbrio entre essas cores fortes por meio de combinações de pintura e móveis. Afinal, uma corzinha nunca fez mal a ninguém!

6. Papel de Parede


Na época em que a princesa Diana surgia na mídia, a ideia de três revestimentos de papel de parede diferentes em uma sala foi um sucesso. Se você é mais minimalista, saiba que papéis de parede ainda estão super em alta e há milhares de opções. Para criar um ambiente ao melhor estilo dinastia Windsor, escolha temas florais. Ah, se você quer ter um efeito mais visual, basta então optar por estampas mais fortes e voilà! Deus salve a rainha e os papéis de parede.

Continue se inspirando com a EBAC!

Depois de tanta inspiração bacana, que tal desenvolver seu próprio projeto de interiores do início ao fim? Em nosso curso online, você vai aprender desde o conceito inicial de um projeto até a apresentação para o cliente, sempre evoluindo a cada módulo.

Você também irá construir uma visão crítica do mercado, refinar seu olhar e colocar tudo isto em prática. Afinal, design é desenho e desenho é prática. Se você ama design, é arquiteto e ou já é designer de interiores, neste curso você irá desenvolver interiores não apenas com foco na beleza, mas também em como deixá-los práticos e funcionais.

Nosso professor: Bruno Simões, arquiteto, designer, curador e proprietário do ateliê Bruno Simões


Bruno Simões tem uma experiência ampla na economia criativa brasileira. Atuando como arquiteto, designer, curador, crítico, educador e empresário nos últimos 13 anos, Bruno Simões construiu sua carreira com passagem pelo escritório franco-brasileiro Triptyque Architecture, como editor de conteúdo da revista Casa Vogue, do grupo Globo Condé Nast, e curador residente na Galeria Nicoli.