Games

Eu tanko, tu tankas: entenda as expressões do mundo gamer

Preparamos um glossário para você entender as gírias e jargões que estão furando a bolha dos jogos e se misturando à cultura pop

04 de agosto, 2022

Os videogames não se tornaram populares em 2022, mas é correto afirmar que seu lugar na cultura pop ganhou um espaço especial nos últimos anos para quem é ou não gamer.

Até os anos 1980, as gírias vinham de uma cultura massiva mais forte e dominante, como novelas e programas de humor. Na novela Roque Santeiro, saiu o jargão "tô certo ou tô errado", do personagem Sinhozinho Malta. Da novela Tieta, veio a expressão "nos trinques" (para se referir a uma pessoa que está bem vestida), usada pelo personagem Timóteo. Para a primeira dama da cidade de Greenville, Scarlet, da novela A Indomada, tudo o que era bonito era “um must”!

Hoje, as fontes são mais diversas e, às vezes, muito específicas, como o kween - uma variação de queen, que a comunidade LGBTQIA+ e fãs de divas pop usam ao se referirem às suas artistas preferidas.

Todas as gerações de jovens encontram seus meios de expressão: os boomers (nascidos entre 1945 e 1964), nos bares de rock; a geração Y (1985 a 1999), pelo hip hop; e a Gen Z (nascidos a partir de 2000), se reúne on-line com seus amigos.

É fácil esquecer, mas os games são projetados como experiências sociais. E de certa forma, passar tempo on-line com os amigos conversando, não é tão diferente que trocar mensagens instantâneas por WhatsApp ou ficar no telefone com uma amiga.

Do público nichado ao mainstream

Em 2019, a empresa de inteligência de mercado Morning Consult mostrou que um controverso youtuber de games PewDiePie tinha o mesmo reconhecimento e era tão querido pelos entrevistados da Gen Z quanto o super atleta LeBron James.

Por aqui, talvez o nome Casimiro ressoe para você. O streamer carioca Casimiro Miguel furou a bolha dos gamers e dos fanáticos por futebol. Seus comentários na rede social Twitch saíram desses dois temas centrais e passaram a figurar realities, vídeos de tours por casas e apartamentos luxuosos, viagens, gastronomia e o que mais você imaginar. Em 2021, as buscas pelo nome dele no Google Brasil cresceram 316%. Não se surpreenda se, navegando pelas redes sociais, você se deparar com bordões do streamer como “meteu essa?” e “aceitas Pix?”.

Eu tanko, tu tankas

Considerando o quanto essa cultura dos videogames tem extrapolado o nicho dos gamers, vez ou outra alguns dos termos fura a bolha e acaba intrigando quem não circula por esses espaços (virtuais ou não).

A maioria dos termos é uma adaptação do inglês porque vem de uma mídia pensada como produto globalizado. Quem é um outsider, ou seja, não joga games e não domina o idioma, pode ficar por fora.

Por isso, preparamos um breve glossário de gírias e abreviações comuns nessa comunidade e que estão dominando as redes sociais.

Dicionário gamer

Tankar

O “verbo” veio de um tipo de personagem popular em games como o League of Legends (LoL), que simula uma batalha em que diversos jogadores estão em times, on-line e ao mesmo tempo. Tank é como um escudo que protege o resto do time para realizar outras tarefas. A palavra se popularizou como sinônimo de “aguentar”, “suportar” algo. Como antônimo, surgiu “intankável”, ou seja, aquilo que não pode ser sustentado. Exemplo do uso fora dos games: ''não consigo tankar esse vídeo, é muito engraçado!''

Tiltado 

Quando um jogador está irritado e emocionalmente abalado e não consegue manter ou melhorar desempenho na partida. 

Ir de base

Ser eliminado ou abandonar algum lugar. 

Rushar

Ir atrás de um objetivo no jogo com muita intensidade. Exemplo: “Com o fim da HBO Max, vou ter que rushar todas as séries”.

Tá na Disney

Expressão que se popularizou através dos streamers Felipe ''YoDa'' e Bruno ''aXt''. Significa: ''tá maluco?". Usado quando um jogador comete algum erro grosseiro na partida.

Based

Uma pessoa que não se importa com o status quo e valoriza a autenticidade.

Noob

Ou n00b, significa novato – alguém inexperiente. Exemplo: “Haha esse n00b foi pwned”.

Pwned

Um erro de ortografia proposital de “owned” (propriedade, em tradução livre). Se você foi pwned significa que você foi derrotado em um jogo. Um projeto chamado Have I Been Pwned, usado para verificar se determinado e-mail, senha ou número de telefone foi exposto em um vazamento de dados, adotou o termo para se referir ao vazamento de dados pessoais no ambiente digital.

Buff / Nerf

Qualquer mudança que torne os personagens e armas do jogo mais poderosos é chamada de buff. O oposto é um nerf.

AFK

Away from the keyboard, ou longe do teclado, em português. Escrever AFK no chat de um jogo durante uma batalha, informa ao time que você não poderá jogar por um momento.

GG

good game, ou bom jogo. Usado principalmente no final de partidas multiplayer (com mais de um jogador) on-line para que os companheiros de equipe e oponentes saibam que você gostou de jogar com eles.

Camping

De acampar, em inglês.Nos jogos, refere-se à tática em que um jogador fica em uma posição estrategicamente vantajosa no mapa do jogo.

HUD

Significa heads-up; nos jogos, o HUD, ou a barra de status, mostra a saúde de um personagem e outras informações importantes que ajudam na jogabilidade.

Poggers

É uma gíria gamer especialmente limitada ao streaming de jogos na Twitch. A gíria poggers é usada para expressar excitação ou excesso de alegria.

G2G (Got To Go)

Ou 'tenho que ir'. Uma maneira rápida de informar aos outros jogadores que você está se despedindo. O professor de inglês Fábio Emerim fez um fio com algumas gírias, respectivas traduções e alguns exemplos de aplicação:

Skin

Uma skin é uma mudança estética feita em um personagem, arma ou item. A skin não afeta a jogabilidade, somente altera a aparência.

Combinação de Roupas e Skins — Foto: KR7 BIELZIN﷼/Divulgação

E aqui, como o termo tem sido usado:

Curtiu? Além de seguir nosso blog, acompanhe a EBAC nos nossos canais no Instagram, TikTok e Facebook!