Produção de vídeo: o que é e como se tornar um produtor de vídeos

Última atualização
26 nov 2023
Tempo de leitura
12 min
Produção de vídeo

Entenda quais são as etapas que compõem a produção de um vídeo e quais são as responsabilidades de um produtor de vídeo

É possível que você nem imagine por quais etapas um vídeo passa até chegar às telas – seja de televisão, cinema ou celular. Ou sequer saiba ao certo quais profissionais trabalham nos bastidores para produzir uma obra audiovisual que deixa você sorridente, triste, esperançoso ou simplesmente informado.

Mas um detalhe você deve ter notado: os vídeos estão cada vez mais presentes em nosso dia a dia, e os dados mostram isso: desde os impactos da pandemia, hoje, a indústria do audiovisual está em sua maior crescente. E essa é uma boa notícia para quem tem interesse em trabalhar na área, já que a demanda para atuar no setor tende a aumentar.

Para entender o que é e como funciona a produção de um vídeo, conversamos com o videomaker e video editor na EBAC, Pedro Kalli, que também é um dos diretores do curta-metragem O Seguidor. Ele compartilhou conosco como funcionam as etapas de produção de uma obra audiovisual e explicou as responsabilidades de um profissional que é chave em todo esse processo: o produtor de vídeo.

O que é produção de vídeo

Produzir um vídeo significa desenvolver um projeto que contém elementos visuais e sonoros que, juntos, transmitem uma mensagem para um determinado público. Dinâmicos, os vídeos são capazes de gerar impacto e engajar a audiência.

No audiovisual, há diversos tipos de vídeos que podem ser feitos: filmes de ficção, documentários, vídeos corporativos, propagandas publicitárias e vlogs são alguns deles.

“A produção de vídeo é uma das maneiras que existem para transmitir um conteúdo. Assim como acontece com os podcasts, um vídeo permite que você se comunique com outras pessoas”, explica Kalli.

Etapas para a produção de um vídeo

Desde os vídeos mais simples – para o TikTok, por exemplo – até os mais complexos – como um filme de super-herói -, normalmente, todos passam por três etapas antes de irem ao ar. São elas: pré-produção, produção e pós-produção.

  • Pré-produção

O objetivo da pré-produção é deixar tudo planejado para que os profissionais envolvidos no processo estejam alinhados e para que, no dia da gravação, as chances de imprevistos, diminuam.

Nesta etapa, por exemplo, é onde se define: como o vídeo será feito; quem fará parte da equipe do projeto; o roteiro; em quais lugares as filmagens serão realizadas; o cronograma; quais equipamentos serão necessários; o figurino; e onde o vídeo será publicado.

“A gente costuma falar que quanto mais organizada estiver a etapa de pré-produção, melhor vai ser a de produção. Então, se eu vou gravar no meu quarto, eu tenho que saber antes o que eu vou falar e o que eu vou fazer, por exemplo. Assim, na hora da gravação, vai sair tudo como programado, não vai ficar algo mal-feito. Então, no geral, a pré-produção é a etapa para organizar as ideias e a parte técnica”, explica Kalli.

  • Produção

A produção é a etapa em que se coloca a mão na massa. Aqui, o que foi planejado na pré-produção é posto em prática: filmagens são feitas, narrações são gravadas e pessoas são entrevistadas, por exemplo. Nesta etapa, também, é comum que imprevistos aconteçam, mesmo quando a pré-produção é bem feita.

“Na parte da produção é sempre bom estar preparado para o caso de nem tudo sair conforme esperado, pois é normal ter adversidades. Quem trabalha com audiovisual sabe que vai acontecer, não tem jeito. E nessas horas é importante ser criativo e resolver rápido o que der errado”, explica Kalli. Por isso, na produção é comum regravar cenas, melhorar a iluminação, refazer perguntas ou aperfeiçoar respostas em diálogos, por exemplo.

  • Pós-produção

Quando todas as gravações estiverem feitas, é o momento de ir para a etapa final: a de pós-produção. Nela, as melhores cenas são selecionadas e colocadas em ordem; animações podem ser inseridas; efeitos especiais podem ser adicionados; ruídos sonoros podem ser corrigidos; e trilhas sonoras podem ser acrescentadas.

“Para mim, a parte de pós-produção é a mais tranquila. Eu costumo assistir a tudo o que foi gravado e seleciono as partes que eu vou achando mais legais. E aí, quando chega a hora de editar, eu já tenho as melhores imagens, já tenho ideia dos cortes que eu posso fazer, onde eu posso encaixar determinadas falas… fica tudo mais fácil”, conta Kalli.

A pós-produção é uma etapa minuciosa e requer atenção. “Esta é uma etapa que exige um trabalho cuidadoso. É um trabalho tranquilo, porque normalmente é você e o computador, mas também é necessário tempo e paciência para fazer uma boa edição”, explica Kalli.

Sem a etapa de pós-produção, o vídeo final não passaria de uma sequência de imagens. É a partir desse trabalho de edição que se dá sentido à história que está sendo contada.

Imagem: ShutterStock

O que faz um produtor de vídeo?

Uma equipe responsável pela produção de um vídeo pode ser composta por vários profissionais: diretor de fotografia, roteirista, filmmaker, maquiador, editor, operador de som… entre todos eles, há um que é responsável por orquestrar tudo e todos: o produtor de vídeo.

Envolvido nas três etapas da produção, esse profissional é responsável por diversas atividades que vão garantir que todos os processos aconteçam como esperado.

“Normalmente o produtor é o responsável pelas partes mais burocráticas de uma produção audiovisual. Ele cuida da agenda das pessoas, do cronograma do projeto, vai em busca de profissionais para a equipe, monta o roteiro de edição, supervisiona os trabalhos, por exemplo, além de dar suporte quando necessário. Ele coordena todo o projeto”, explica Kalli.

Kalli ainda acrescenta que, geralmente, quem assume o papel de produtor já tem uma certa experiência na área do audiovisual e possui conhecimento em todas as etapas da produção de um vídeo.

Onde pode atuar?

Por ser um profissional com várias habilidades e qualificações, o produtor de vídeo pode atuar em diversas áreas do audiovisual, como:

Produtoras de vídeo: videoclipes musicais, vídeos institucionais e transmissões ao vivo são alguns dos trabalhos que uma produtora de vídeo desenvolve e, por trás de cada um deles, há um produtor. As produtoras, geralmente, são bons locais para se ganhar experiência, já que existem muitas oportunidades e diversos trabalhos a serem desenvolvidos.

Produtoras de filmes: diferente das produtoras de vídeo, as de cinema têm os filmes como foco, seja um longa ou curta-metragem, documentários ou séries, por exemplo. Por isso, o produtor de vídeo que atuar em uma produtora de filmes terá espaço para trabalhar neste nicho.

Agências de publicidade e de marketing: ao entrar em qualquer rede social atualmente, é quase certo que você se depare com um vídeo na sua timeline. Este é um formato que está sendo valorizado e, por isso, empresas que estão nos ambientes digitais estão investindo nele. Por conta disso, o produtor de vídeo também pode achar espaço para atuar em agências e dar vida a conteúdos publicitários que terão como destino, além de canais de TV, plataformas como o YouTube, Instagram e TikTok.

Canais de TV: a televisão continua sendo um importante veículo de comunicação e, nela, lida-se bastante com vídeos, por isso a presença de um produtor é fundamental. Além disso, os canais de TV também estão cada vez mais presentes na internet. “Estou vendo muitas vagas de produtor de vídeo para trabalhar em TV. Os canais de televisão, agora, estão com uma demanda digital maior. Eles estão vendo a internet como algo promissor para a TV também”, explica Kalli. Exemplo disso é a TV Globo, que possui seu canal de streaming, a Globoplay.

Instituições de ensino a distância: seja com aulas ao vivo ou com aulas gravadas, as instituições de ensino a distância fazem uso de vídeos para atender seus estudantes no Brasil e mundo afora. Por isso, os produtores de vídeo também podem atuar nessas instituições. “Aqui na EBAC, por exemplo, temos vários produtores. Cada um deles é responsável por cuidar de um curso para que dê tudo certo no final”, conta Kalli.

O mercado de trabalho para o produtor de vídeo é bom?

Os brasileiros, no geral, consomem muito conteúdo em vídeo. De acordo com o relatório produzido pela Data Stories, da Kantar Ibope Media, 99% dos lares no Brasil foram impactados por conteúdos em vídeo no primeiro semestre de 2023. E esta é uma boa notícia para quem trabalha ou quer investir nessa área.

Na mídia tradicional, os vídeos continuam tendo um grande espaço. Filmes, propagandas, programas de televisão, por exemplo, não perderam a sua relevância. Somado a isso, a produção de vídeos para a internet também vem crescendo.

Por conta desse cenário, a demanda por produtores de vídeo está grande e tende a crescer. “No LinkedIn eu vejo muitas vagas na área do audiovisual, incluindo para produtor de vídeo. Acontece que, ao mesmo tempo que tem ofertas de vagas, a concorrência acaba sendo grande também. Porque, querendo ou não, essa é uma área que tem muitos profissionais que gostam do que fazem e é, também, muito versátil”, explica Kalli.

Kalli ainda conta que, no meio do audiovisual, é comum encontrar profissionais que são freelancers. Dessa forma, eles não firmam vínculo com apenas uma empresa, podem escolher os projetos com os quais querem trabalhar e preenchem as próprias agendas. Muitas vezes, financeiramente, também acaba sendo mais vantajoso para esses profissionais.

Como se tornar um produtor de vídeo?

Para se tornar um produtor de vídeo ou um profissional na área do audiovisual, não existem regras, mas há algumas dicas que podem ser seguidas: adquirir conhecimentos técnicos, fazer conexões com pessoas da área, fazer projetos e construir portfólio.

  • Adquirir conhecimentos técnicos

Para trabalhar como produtor de vídeo é preciso ter conhecimento sobre todas as etapas que fazem parte de uma produção de vídeo. Por isso, para atuar como produtor, é necessário adquirir conhecimentos que tenham a ver com a profissão.

Fazer cursos de graduação ou técnicos pode ser uma opção para quem quer seguir na área, mas não sabe por onde começar. Hoje em dia já existe, inclusive, curso superior em Produção Audiovisual.

Há, também, vários cursos livres na área que podem auxiliar o futuro produtor de vídeo a adquirir ainda mais conhecimentos e se especializar. Na EBAC, por exemplo, há mais de 20 cursos na área de Audiovisual que podem contribuir para o crescimento profissional de um produtor de vídeo.

Além de cursos, também é possível aprender através de vídeos na internet. Hoje há profissionais que compartilham seus conhecimentos em seus perfis e, ao consumi-los, é possível tirar insights e melhorar as próprias técnicas.

  • Fazer conexões com pessoas da área

Para Kalli, além de adquirir conhecimentos técnicos e desenvolver habilidades, quem faz cursos na área – sejam eles superiores, técnicos ou livres – tem a chance de fazer conexões com outros profissionais do audiovisual e isso pode abrir portas.

“Fazer cursos é importante porque você conhece pessoas e faz contatos com elas. E, às vezes, é ali que você acha uma vaga de emprego, por exemplo. Para mim, uma das partes mais importantes de fazer cursos é essa: fazer conexões”, conta Kalli.

  • Fazer projetos e construir portfólio

Ter conhecimento técnico é bom, mas colocá-lo em prática é o que vai fazer a diferença na carreira de quem quer trabalhar com audiovisual e/ou ser produtor de vídeo. Tirar projetos do papel, desenvolvê-los e construir um portfólio pode ser essencial para conquistar clientes ou uma vaga de emprego.

“No audiovisual, as pessoas valorizam muito o seu portfólio. Elas veem o que, como e para quem você fez os trabalhos. Então, para quem está no início: se jogue nos projetos, mesmo que não fiquem bons, você tem que fazer. No começo também é comum fazer projetos sem ter grana e é assim mesmo. Nessas horas é importante ter amigos que topem fazer com você e deixar tudo fluir. Com o tempo, você vai estudando, evoluindo e conquistando cargos com mais responsabilidades”, aconselha Kalli.

Trabalhe com audiovisual!

Caso você esteja planejando entrar na área de audiovisual, a EBAC pode ajudar você nessa missão. Produção Executiva para Cinema, TV e Mídias Digitais, Edição de Filmes, Direção de Cinema, TV, Publicidade e Mídias Digitais, Documentário são alguns dos mais de 20 cursos que a EBAC oferece no setor. Clique aqui para ver a lista completa, escolha o seu curso e enriqueça o seu portfólio! Assim, a sua entrada no mercado de trabalho pode ficar mais fácil.

Quer ter acesso a mais conteúdos gratuitos? Então que tal conferir a nossa programação de eventos online da semana na área de audiovisual? Ministrados por profissionais renomados, os eventos são ótimas oportunidades para receber dicas, tirar dúvidas e fazer networking. Confira aqui a programação!

Página inicial / Audiovisual
Bruna Montenegro

O conteúdo

Produção Executiva

O produtor executivo é uma figura-chave na realização de projetos audiovisuais. Aprenda a reconhecer boas ideias e transformá-las em filmes de sucesso. Produza e lidere processos de filmagem, atraia financiamentos, monte uma equipe e faça sua carreira decolar no cinema, na TV ou em plataformas de mídias digitais.

4 meses
12x de
R$ 280,83
(parcelas sem juros no cartão de crédito)
Investimento pelo curso completo
R$ 3.370
R$ 5.620
Inscreva-se no curso
Compartilhe sua opinião
Notificar sobre comentários

Ou como convidado

Cadastre-se Cadastre-se Cadastre-se Cadastre-se Cadastre-se

Artigos Relacionados

28 fev 2024
8 min
Diretor de fotografia: o que é e o que faz?

Responsável por encontrar as melhores ferramentas visuais para contar uma história, o diretor de fotografia tem um papel importante no desenvolvimento de uma obra audiovisual.

28 fev 2024
8 min
13 fev 2024
9 min
EBAC entrevista: Chico Felitti

Conversamos com o jornalista Chico Felitti sobre o universo do podcast e pedimos dicas para quem quer começar a produzir o seu. Confira!

13 fev 2024
9 min
24 jan 2024
7 min
Estudantes da área de audiovisual participam de workshop nos estúdios da EBAC

Com foco em streaming, os estudantes tiveram a oportunidade de ver na prática como a transmissão de uma live funciona e ainda tiraram dúvidas com profissionais da área

24 jan 2024
7 min
09 jan 2024
6 min
O que é um artista 3D e como se tornar um

Saiba como se tornar um artista 3D e dê vida a mundos e personagens no ambiente virtual.

09 jan 2024
6 min
24 jul 2023
6 min
Os bastidores da Turma da Mônica

A diretora de conteúdo editorial da MSP, Marina Sousa Cameron, conversou conosco a respeito de diversos assuntos ligados ao seu trabalho e à Turma da Mônica

24 jul 2023
6 min
24 jun 2023
6 min
Chegou a hora de fazer o seu documentário!

Você tem vontade de fazer um filme? Já pensou em trabalhar com cinema? Essa é a hora de entrar nesse mercado e eu vou te provar isso!

24 jun 2023
6 min
Faça sua avaliação!

Curtindo o conteúdo? Então, que tal avaliar a EBAC no Google?

Faça sua avaliação!