O que é teoria das cores e onde ela pode ser aplicada?

Última atualização
23 nov 2023
Tempo de leitura
8 min
Teoria das cores

Entenda os conceitos básicos da teoria das cores

Uma combinação de cores bem-sucedida pode atrair a atenção de um público-alvo, transmitir a mensagem de uma marca ou evocar emoções em áreas como artes visuais, design gráfico, arquitetura, moda e marketing. Um conhecimento avançado da teoria das cores pode ajudar os designers a aproveitarem todo o potencial da paleta de cores. Continue lendo para aprender mais sobre como usar as cores do melhor jeito possível.

O que é a teoria das cores?

O que é a teoria das cores

Fonte: Freepik

O fenômeno das cores tornou-se objeto de estudo em várias disciplinas. Enquanto os físicos estudam as ondas luminosas para classificar as cores, os químicos criam novos pigmentos, os psicólogos investigam como as cores podem influenciar o comportamento humano, e os fisiologistas exploram os efeitos da cor nos olhos e no cérebro.

Esses conhecimentos sobre cores foram reunidos em um guia prático conhecido como teoria das cores. Esta teoria explica como os tons são criados e combinados, assim como seu impacto sobre nossas emoções e experiências visuais.

A teoria das cores se desenvolveu ao longo da história. Os filósofos da Antiga Grécia relacionavam as cores com os elementos da natureza. Durante o Renascimento, Leonardo da Vinci e outros artistas começaram a misturar pigmentos, buscando combinações harmoniosas e agradáveis. Em 1676, Isaac Newton realizou o experimento do prisma, demonstrando que a luz branca é composta por 7 cores do espectro claramente distinguíveis. Além disso, foi ele quem desenvolveu o círculo cromático que ajudou a estabelecer a ideia de cores complementares.

Características das cores

A teoria das cores utiliza termos específicos para descrever diferentes aspectos de uma cor e suas modificações. Vamos conferir os principais.

As cores são divididas em duas categorias:

  • As cores cromáticas são o vermelho, o amarelo, o laranja, o verde, o azul, o violeta e todas as suas misturas.
  • As acromáticas possuem luminosidade, mas não têm tom ou saturação. Esse grupo inclui o branco, o preto e todos os tons de cinza

Cada cor possui características básicas:

  • O tom é uma cor em sua forma mais básica. Geralmente, é a isso que nos referimos com o nome da cor, como o vermelho, o azul ou o verde.
  • O matiz é uma variação sutil em uma cor quando ela é misturada com outra cor próxima no espectro.
  • A luminosidade, também chamada de claridade ou escuridão, é determinada pela proximidade de uma cor ao branco ou ao preto no espectro. Quanto mais próxima do branco, mais luminoso é o tom.
  • A saturação descreve a pureza da cor e sua distância do cinza no espectro. Por exemplo, se for adicionado um pouco de cinza à cor pura, mantendo a mesma luminosidade, a nova cor será menos saturada.

Círculo cromático

Círculo cromático

Fonte: Snappygoat

Um conceito básico na teoria das cores é o círculo cromático, também chamado de roda de cores. Ele serve como representação visual das cores do espectro. Seu principal objetivo é estabelecer as relações entre elas, assim como harmonias e contrastes. Para saber mais sobre o uso do círculo cromático, recomendamos ler o nosso artigo “O que é o círculo cromático?”, mas vamos recapitular os pontos principais aqui:

Atualmente, é utilizada a roda de cores criada por Johannes Itten, um artista e professor suíço. Seu diagrama é dividido em 12 setores que incluem:

  • As cores primárias: o azul, o amarelo e o vermelho. Elas estão localizadas no centro do círculo e são consideradas básicas.
  • As cores secundárias que são produzidas pela mistura das cores primárias. Por exemplo, o amarelo e o vermelho geram a cor laranja.
  • As cores terciárias que resultam da combinação das cores primárias com as secundárias que estão localizadas uma ao lado da outra no diagrama. São cores como o verde-amarelo ou o amarelo-alaranjado.

Cores complementares

Para alcançar efeitos visuais impactantes no design, são utilizadas as cores complementares. Estas são encontradas em lados opostos da roda de cores. Ao serem combinadas, elas se destacam e contrastam de forma marcante. No entanto, um excesso de contraste pode ficar visualmente desagradável. Para evitar que isso aconteça, aconselhamos que uma das cores seja dominante e a outra seja usada apenas para criar destaques ou acentos.

Vamos ver alguns exemplos de cores complementares:

  • Vermelho e verde. São as cores natalinas oficiais.
  • Azul e laranja. São utilizadas no design gráfico e no cinema para criar efeitos visuais chamativos.
  • Amarelo e roxo. São muito utilizadas juntas tanto no design de interiores quanto na moda.
  • Ciano e vermelho. Ao combinar essas cores na tela de um computador, você consegue um contraste super impactante.

Modelos de cores

A teoria das cores utiliza diferentes modelos de cor, ou seja, sistemas que descrevem como as cores podem ser misturadas para criar novas tonalidades. Os mais populares são o modelo aditivo (no qual se combinam luzes coloridas) e o subtrativo (no qual a combinação é feita com pigmentos coloridos).

Modelo aditivo Modelo subtrativo
NOME RGB (sigla em inglês para red, green, blue ou vermelho, verde, azul) CMYK (sigla em inglês para cyan, magenta, yellow e key ou ciano, magenta, amarelo e preto)
CORES PRIMÁRIAS Vermelho, verde e azul. Ciano, magenta, amarelo e preto.
PRINCÍPIO BÁSICO Quanto mais de uma cor é adicionada, mais brilhante se torna o resultado. Ao combinar todas as cores, obtém-se o preto. A ausência de pigmento produz o branco.
APLICAÇÃO A iluminação e os meios de exibição, como televisão, telas de computador ou de cinema. A impressão em papel, a produção de têxteis e as artes gráficas.

Aplicações da teoria das cores

Fonte: Freepik

Vejamos alguns exemplos de como é possível aplicar a teoria das cores em indústrias criativas.

Moda

  • Os estilistas de moda se baseiam na teoria das cores para criar combinações de tons para suas coleções. Por exemplo, a casa Gucci é conhecida por seus ‘experimentos com cores’. Alessandro Michele, o ex-diretor criativo da marca, combinava tons profundos como verde garrafa, bordô e azul-marinho com estampas florais e de animais para criar o estilo chique e inteligente pelo qual a Gucci ficou tão conhecida.
  • A teoria das cores permite aos estilistas antever e adaptar-se às novas tendências. Todos os anos, o Instituto de Cores Pantone escolhe uma cor popular que reflete as preferências atuais e serve como guia para agências de publicidade, estúdios de design, floriculturas, estilistas e outras empresas do setor criativo orientadas para o cliente.

Design gráfico

  • A escolha de cores na identidade visual e na criação de logotipos é fundamental para ressaltar a identidade de uma marca e comunicar efetivamente seus valores. Por exemplo, a marca de jóias Tiffany & Co. é famosa pelo icônico tom de azul-turquesa claro utilizado em suas caixas e sacolas de presente. O azul Tiffany está associado a um estilo de vida refinado e transmite uma sensação de luxo, elegância e exclusividade.
  • No web design, a teoria das cores é utilizada para criar interfaces atrativas e funcionais. As cores atraem a atenção do usuário e podem melhorar a experiência de navegação. Por exemplo, os links são destacados em azul para indicar que são interativos; os botões de chamada para ação como ‘Compre agora’ ou ‘Inscreva-se’, assim como alertas importantes, geralmente são destacados em vermelho ou verde para que os usuários os vejam na hora.
  • Em peças visuais, como cartazes, folhetos, anúncios e redes sociais, o conhecimento da teoria das cores também ajuda a transmitir mensagens de forma eficaz e chamar a atenção do público. Por exemplo, os anúncios direcionados ao público jovem geralmente usam cores vibrantes e chamativas, como laranja, verde limão ou amarelo brilhante, que são ligados a conceitos como diversão e energia.

Design de interiores

  • Graças à teoria das cores, os designers podem escolher paletas de cores harmoniosas para seus projetos, levando em consideração as preferências do cliente, as tendências atuais e o estilo desejado.
  • As cores podem impactar na percepção do espaço e no estado de ânimo das pessoas dentro dele.
  • Além disso, elas definem como a luz se reflete e difunde em um ambiente interior, o que influencia na iluminação e na sensação de amplitude.

A teoria das cores ajuda a compreender como as cores funcionam e elas podem ser utilizadas para alcançar seus objetivos artísticos. Se você deseja aprofundar seus conhecimentos em design, convidamos você a se inscrever no nosso curso online Profissão: Designer Gráfico.

Nele, você vai estudar no seu ritmo, desenvolver seu pensamento criativo, além de dominar softwares como Adobe Photoshop, Illustrator e InDesign, aprender a gerenciar e apresentar seus projetos e criar trabalhos para o seu portfólio profissional. Ao concluir o curso, você receberá o certificado da EBAC e terá acesso vitalício ao curso.

Ah, e tem mais: não deixe de participar dos nossos eventos online da área de design! Eles são gratuitos e ministrados por profissionais renomados. Clique aqui e confira a nossa agenda!

Página inicial / Design
Equipe EBAC

O conteúdo

Profissão: Designer Gráfico

Aprenda todos os aspectos do Design Gráfico com os melhores profissionais da área. Construa sua carreira em um mercado crescente e cada vez mais valorizado. Domine os softwares mais usados da Adobe, obtenha noções avançadas de Tipografia e Branding, e se torne um designer requisitado! Estude com aulas e projetos práticos, entregando peças gráficas desde os primeiros módulos.

12 meses
12x de
R$ 209,00
(parcelas sem juros no cartão de crédito)
Investimento pelo curso completo
R$ 2.508
R$ 5.015
Inscreva-se no curso
Compartilhe sua opinião
Notificar sobre comentários

Ou como convidado

Cadastre-se Cadastre-se Cadastre-se Cadastre-se Cadastre-se

Artigos Relacionados

25 jan 2024
6 min
O que faz um full stack designer e como se tornar um?

Requisitado pelas empresas, esse profissional domina diferentes áreas do design

25 jan 2024
6 min
09 jan 2024
11 min
O que é identidade visual?

Entenda qual a importância e os benefícios de uma identidade visual para uma empresa e como desenvolver uma.

09 jan 2024
11 min
23 dez 2023
6 min
O que é e no que consiste o design editorial?

Seus textos vão se tornar mais interessantes e fáceis de ler, se você pensar em cada elemento visual da apresentação dele.

23 dez 2023
6 min
17 dez 2023
8 min
O que faz um ilustrador e como se tornar um

Um ilustrador capta a essência visual de um texto e ajuda o leitor a processar a informação

17 dez 2023
8 min
11 dez 2023
5 min
Estudantes da EBAC participam de workshop no escritório da Adobe

Com foco na Adobe MAX 2023, os estudantes da EBAC ficaram por dentro das atualizações que estão sendo implementadas nas ferramentas da Adobe

11 dez 2023
5 min
27 nov 2023
8 min
5 geradores de imagens com IA que você precisa conhecer

Pinte um quadro sem usar pincel nem tinta.

27 nov 2023
8 min